Posted by : LKMazaki segunda-feira, 12 de maio de 2008

Opa! Olah a todos! Vejam só eu aqui novamente! Dessa vez trazendo mais um capítulo do meu fic para vocês! Entrando na reta final da primeira fase de Mastered Negima que, segundo as minhas previsões vai até o capítulo 30. Então já deu pra notar que realmente estamos chegando no clímax não?
Sem mais enrolação, lá vai o fic:



CENA 27: VAI COMEÇAR A BATALHA PELOS SONHOS




- Então esta é famosa cidade de Mahora... Interessantíssima....
Mash Magno caminhava tranquilamente pela praça sudoeste, não muito distante da ponte de entrada a cidade acadêmica. O mago parecia bastante interessado em todos os detalhes do lugar como as plantas ou mesmo os casais de namorados que passeavam por ali. O homem se virou parecendo perceber algo atrás de si:
- Querida, você está me parecendo tão séria hoje... algo ruim? – questionou à Setsuna-P que caminhava acompanhando-o a alguns metros.
- Você gosta mesmo de agir como um velho babão não é Mash? – retrucou a garota sem paciência e Mash ergueu as sobrancelhas numa tentativa de parecer surpreso. – Nós não estamos aqui fazendo um passei turístico, se é que não se lembra. Somos invasores e logo os magos de Mahora vão perceber nossa presença. Como tem coragem de ficar aqui perdendo tempo ao invés de ir logo atrás do tal poder?
- Querida, querida... – começou com seu tom meigo e calmo de sempre. – Você é tão apressada! Não se preocupe com esses detalhes... eu tenho tudo sob controle. Os magos de Mahora só vão perceber que estamos aqui quando for tarde demais. Nós já teremos obtido nosso artefato buscado. Não precisa se exaltar...
- Hunf... – a ex-shikigami preferiu manter-se em silêncio a jogar na cara do mago que ele era um velho bem burro. Porém ela percebeu quando a expressão do mago mudou, tornou-se séria quando se virou.
- Parece que conhecerei o filho do Thousand Master antes do que esperava. – comentou e Pee percebeu que realmente haviam sido detectados. Sorriu.
- Que venham. Vão pagar por quererem resolver isso sem ajuda dos mais velhos. – comentou alargando o sorriso debochado.
- Sim querida... Mas, eu lhe peço apenas uma coisa.
- O que? – surpreendeu-se Setsuna-P.
- Tome cuidado com o Chikarasei. Ainda faltam dez horas até que o efeito dele torne-se permanente. – disse o mago olhando nos olhos da garota que percebeu algo ali que nunca tinha visto antes. – Você ainda não é uma pessoa completa.
- Não se preocupe. – pediu colocando involuntariamente a mão no bolso do blazer preto que vestia. – Graças a você eu não tenho como ser derrotada dessa vez.





Negi Springfield, Asuna Kagurazaka, Konoka Konoe e Setsuna Sakurazaki estavam reunidos ao redor de uma mesa mais afastada em uma das inúmeras praças de alimentação daquela parte da cidade acadêmica de Mahora. Depois da “conversa-quase-briga” de Negi e Setsuna os dois haviam se falado normalmente no dia seguinte, apesar de ser notável um pequeno constrangimento. Asuna agora se encontrava constantemente num clima de tensão, não agüentava aquele clima de suspense. Konoka parecia a pessoa que estava conseguindo lidar melhor com a situação entre eles. Claro que estava abalada por tudo o que tinha acontecido, mas tentava não se entregar a vontade de agarrar o braço de sua guardiã e fugir da Mahora para algum lugar bem distante onde não pudessem existir shikigamis para se meter no meio da sua felicidade.
A quase-maga branca abraçava o braço direito de sua protetora acariciando distraidamente a mão livre da mesma com um ar distante. Negi lia um estranho livro escrito em runas antigas e Asuna remexia suas batatas fritas insistentemente, como que incomodada:
- Então a idéia agora é mesmo fingir que nada está acontecendo? – perguntou sem se dirigir a alguém especifico, mas sobressaltando os outros três.
- Asuna... – começou Negi baixando o livro que fingia ler.
- Mas é o que parece! Ninguém fala no que está acontecendo, não decide o que fazer, nem sequer conta pra alguém sobre tudo isso! – esbravejou a ruiva irritada. – Eu to achando que nós não vamos poder resolver tudo sozinhos né?! Ainda mais se fingimos que está tudo bem!
- Não estamos fingindo nada Asuna! – retrucou Negi. – Mas... é uma situação complicada. Nem sequer conseguimos detectar qualquer pista que pudesse mos usar para encontrar o mago por detrás disso. O que nos resta.... talvez seja esperar que eles venham até nós.
- Nem parece você pirralho... – concluiu Asuna sem conter a frustração. – Ta na cara que isso não vai dar certo...
- Vocês não tem que resolver nada. – disse Setsuna sobressaltando os outros. Konoka separou do braço da “quase-alguma-coisa” para observar seus olhos que estavam fixos no céu nublado.
- Como é?! – indagou Asuna.
- Setsuna-san...
- Set-chan? – a quase maga branca preocupava-se com o a distancia de sua protetora mais do que qualquer coisa naqueles dias. Mesmo que estivesse quase o tempo todo ao seu lado era obvio pela sua atitude que não conseguia tirar Pee do pensamento. Passara quase o tempo todo daqueles últimos dois dias no mais absoluto silêncio.
- Esse assunto sou eu quem deve resolver. Peço que não se preocupem com isso. – disse a espadachim sem tirar os olhos das nuvens escuras.
- O que cê ta falando Setsuna!? Ficou maluca é?! – exclamou Asuna revoltada com o que ouvia. A amiga devia ter mesmo batido a cabeça forte demais na ultima batalha com a ex-shikigami.
- Setsuna-san, eu não vou permitir que enfrente essa situação sozinha. – disse Negi conseguindo fazer Setsuna desviar os olhos do céu e encara-lo. – Nós somos amigos. Devemos estar unidos sempre, principalmente nos momentos difíceis!
- Negi-sensei...
- O Negi ta certo! Vamos ficar juntos nessa! – apoiou a ruiva entusiasticamente.
- Mas.... – Setsuna tentou argumentar, mas sem sucesso.
- Set-chan... – disse Konoka e a garota voltou-se para ela. Porém, ao invés de dizer algo, a curandeira apenas acariciou o rosto de Setsuna sem dizer nada. Para sua alegria a espadachim sorriu ao toque dela. Como poderia não o fazer afinal?!
- Beleza! Agora só falta agente saber o que fazer pra acabar com esse tal mago misterioso que fica se escondendo atrás das roupas de coura daquela shikigami imbecil! – disse Asuna energética. Parecia ter ficado muito animada com a mudança de atitude no grupo.
Porém nesse instante Konoka, Negi e Setsuna puderam sentir a mudança sutil e marcante nas presenças mágicas em Mahora. Os três voltaram o olhar para a parte sul da Mehora e Asuna percebeu que perdera algo, os três estavam com expressões mais pesadas do que antes:
- O que foi? O que aconteceu? – questionou ansiosa.
- Duas presenças. – disse Konoka baixinho.
- Um mago e um espadachim acabaram de entrar em Mahora. – explicou Negi sério.
- ..... – Setsuna nada disse, pois sabia perfeitamente de quem era aquele ki que sentia. Não havia como ter duvídas.
- Perae! Vocês tão dizendo que.... são nosso inimigos?! – perguntou a ruiva temendo a resposta.
- Sim. – disse Negi simplesmente.
Os quatro levantaram-se da mesa de uma vez. Asuna até esquecera-se de suas batatinhas, apesar de gostar tanto delas. Negi conjurou silenciosamente o “Cantus Belax” preparando-se para partir. Setsuna, porém, voltou-se para Konoka:
- Set-chan?
- Por favor Kono-chan. Fique distante da batalha. Procure Evangeline ou Kaede. Logo que a batalha tiver inicio os outros professores-magos perceberão e irão para lá. Mas... até tudo estiver resolvido, proteja-se. – pediu a espadachim sem esconder a preocupação.
- Mas, Set-chan...
- Kono-chan... – disse Setsuna tocando o rosto da maga suavemente impedindo-a de argumentar. – Eu não me perdoaria se algo te acontecesse dessa vez.
As duas se encararam por um segundo. Era incrível como conseguiam transmitir uma a outra o que sentiam num breve olhar. Sem dizer mais nada Konoka acenou com a cabeça em acordo.
- Vamos. – disse Negi sem desviar os olhos da direção de onde percebia as presenças.
- Hei Konoka.... – chamou Asuna. – Não se preocupa, eu tomo conta da sua Set-chan... – disse sorrindo e Konoka não conseguiu deixar de retribuir o sorriso. A Asuna sempre conseguia surpreender nas horas mais tensas.
Negi, Asuna e Setsuna partiram saltando pelos prédios em direção a entrada de Mahora deixando uma Konoka cheia de pensamentos sozinha.
“Set-chan...... tome cuidado.”.




Setsuna e Negi pousaram ao mesmo tempo na praça sudoeste à cidade colegial. Asuna chegou menos de cinco segundos depois, já com sua enorme espada em mãos. Os três tinham os olhos fixos nas duas únicas figuras na cena. Foi fácil deduzir que o mago misterioso de longa capa de viagem azul grafite havia tido tempo de lançar um feitiço para afastar os não-magos. Eles já estavam sendo esperados:
- Negi Springfield. – tomou a palavra do mago de cabelos grisalhos. – É um enorme prazer para mim conhece-lo. Meu nome é Mash Magno e sou um grande admirador das obras de seu pai, o Thousand Master. – apresentou-se.
- É um prazer Sr. Magno. – respondeu Negi sério. Na verdade o ar ali parecia mais pesado do que qualquer outro e o garoto tinha certeza que era pela presença de Setsuna-P na cena. Asuna parecia prestes a saltar no pescoço da ex-shikigami e Setsuna parecia sequer respirar. – Mas sinto que não estamos do mesmo lado, não é?
Mash sorriu bondozamente. Asuna pensou que se não fossem as circunstâncias, poderia até dizer que o mago era alguém amigável:
- Você está certo Negi Springfield. – confirmou Mash. – Eu estou aqui porque seu pai escondeu uma fonte de poder mágico incrível aqui em Mahora há muito tempo atrás e eu agora preciso desse poder para resolver alguns assuntos pessoais.
- Fonte de poder... – repetiu Asuna surpresa.
- Infelizmente eu acredito que você tentará me impedir até a chegada dos outros magos que protegem Mahora, não é verdade? – perguntou Mash sem diminuir o sorriso calmo e bondoso.
- Sim. Você está sendo procurado pelos eventos relacionados ao artefato Chikarasei, em Kyoto. – confirmou Negi sem hesitar. – Meu dever é impedi-lo a todo custo, afinal eu sou um professor-mago de Mahora.
- Tsc... – riu-se o mago mais velho. – Sabia que diria isso. Afinal, você é filho de Nagi Springfield, não faria algo diferente disso.
Negi sentiu-se ligeiramente incomodado pela maneira do mago de referencia-lo como “filhinho do Thousand Master”, mas relevou. Afinal já iria mesmo ter que batalhar:
- Por que você ajudou a Setsuna-P cara? – questionou Asuna surpreendendo todos. Na verdade era essa a questão que Setsuna não parava de se perguntar, mas realmente Asuna não era de ficar sem questionar o que não conseguia compreender.
- Hu.... Asuna Kagurazaka... – disse Mash sorrindo ainda mais afavelmente. – Eu sou um apreciador das grandes obras que a natureza cria, mesmo que elas pareçam acidentais. Minha querida menina é umas das obras mais raras e incríveis que já vi em toda a minha vida. Nunca existiu algo como ela. – respondeu lançando um olhar paterno a Setsuna-P que surpreendeu-se com a resposta também. Naquele pequeno instante ela percebeu que o mago não queria apenas sua ajuda quando a salvou, ele se importava com ela.
“Você é uma filha que eu nunca tive querida” Pee ouviu em sua mente. Mash sorriu ainda mais antes de voltar-se novamente para os adversários e reassumir a postura de imponência. A ex-shikigami esqueceu-se por um instante o que fora fazer ali.
- Compreende agora Asuna Kagurazaka?
- Er... – Asuna estava mesmo era ainda mais atordoada com a resposta do mago, mas percebeu que não adiantaria continuar aquela conversa. – É..... você é mesmo um velho estranho...
“Velho estranho?” repetiu Mash sentindo uma veia latejar levemente na têmpora:
- Foi um grande prazer conhece-los jovens, mas agora já está na minha hora de partir para encontrar o poder que tanto desejo. – disse Mash preparando-se para andar.
- Nada disso! Você não vaia a lugar nenhum Sr.Magno! – afirmou Negi dando um passo a frente e segurando seu báculo em posição de realizar uma conjuração.
- Hu hu.... você é muito interessante de se observar Negi Springfield. – comentou o mago veterano. – Veremos se é também interessante de se duelar.
- Setsuna... – chamou Asuna meio hesitante, já que a espadachim não havia tirado os olhos de Pee desde que haviam chegado ao lugar com um ar frio e perigoso.
- Hum? – Setsuna despertou de seus pensamentos cheios de raiva pela voz da amiga. – O que foi Asuna?
A ruiva sorriu de uma maneira meio feroz para a shinmei que estranhou:
- Eu e o Negi vamos lutar contra o velho. Pode servir-se da vaca da Pee... digo, da infeliz da shikigami...
- Ah.... – Setsuna ficou sem palavras diante da fala da amiga, mas algo dentro de si animou-se muito.
- Você merece essa batalha. – concluiu Asuna com o sorriso feroz ainda maior.
- ....... Obrigada. – agradeceu Setsuna retribuindo o sorriso.
- Sim, então chegou à hora de batalhar. – comentou Mash. – Vejamos onde o Destino vão levar esta luta.







Uh.... vai começar a batalha final! Essa eu estou curiosíssima pra saber como vai acabar!
Bom, pra mim a parte mais interessante desse capítulo foi quando Mash disse telepaticamente para Pee que a considerava como uma filha. Adoro fazer vilões que tem muito mais do que algumas maldades na manga!

No próximo capítulo de Lives: Porrada! Sim! a briga vai rolar a mil por hora! Pra quem gostou da batalha Setsuna VS. Pee do capítulo 26, pode esperar boas coisas na próxima cena de Lives! Afinal, a espadachim não ficou muito em foco dessa vez, mas na próxima cena com certeza ela estará no centro da ação.

Volto em breve com alguma matéria konosetsu ou mesmo Lives. Até lá, fica meu recadinho de sempre: Se leu, comenta pow!

Konosetsu acima de tudo! *risada fanática*

Matta ne!

4 Responses so far.

  1. Gabriela says:

    Pq vc paro qdo ia começa a luta >.<

    Agora fikei curiosa
    Ah....
    Qdo q lança Partbers e o prox. cap de Lives?

  2. Gabriela says:
    Este comentário foi removido pelo autor.
  3. Horosuke says:

    Mal-da-de!
    Por mais que se vale o direito de "o melhor pode esperar" deixar-nos curiosos assim chega a causar um tumor cerebral...

    [por favor passageiros do voô -74° embarque no portão "hentai" com destino as crateras marítimas do deserto Greco-amazônico...] _um tumor se manifestando contra a falta de lutas_ °.O

  4. Kyub says:

    UHUUUU essa é ótema..vou indo ler o proximo !!!!! \o/

Translate to your language:

Seguidores

Parceiros

Parceiros | Yuri

Kiyoteru Fansub
Gokigenyou
Moonlight Flowers
S2 Yuri
Yuri Licious
Yuri Private
Yuri Zone

Parceiros | Blogs e Sites

Anikenkai
Chuva de Nanquim
Elfen Lied Brasil
Gyabbo!
Jwave
MangaBa
Mithril
Mundo Mazaki
nbm² - Nobumami
Netoin!
Shoujismo
Você Sabia Anime?

Arquivo do Blog

Popular Post

- Copyright © | Kono - Ai - Setsu | - fonte para yuri, shoujo-ai e girls love desde 2007 -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -