Posted by : Se-chan segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Eu quero que Lives fique com um astral mais fofffoooo
Tah taaauuummm depreeeeeee ;[
Quero cenas fofas Kono-Setsuuuu
Deve ser por isso que to enchendo disso no Partners! uauahahuauhahuauhahu
Espero que todos gostem do cap! o/

----------------------------------------------------------

CENA 19: O DIA SEGUINTE



Asuna caminhava lentamente de volta a republica estudantil naquela quinta-feira. O dia havia amanhecido cinzento e havia um temor no interior da jovem. Konoka não havia voltado para o quarto depois de ter falado coisas estranhas sobre “monstruosidades” e “auto destruir-se” e sair sem dizer aonde iria. Depois da cena que havia visto à tarde e do papo estranho de Setsuna a bakaranger não sabia o que pensar. Teriam Konoka e Setsuna se encontrado, conversado e acertado tudo? Sua mente dizia que não. Teriam se encontrado, brigado e se desentendido para sempre? Por que tinha que ficar tendendo a crer nessa opção! Isso não era nada bom! Nada mesmo!
Ao passar por uma das árvores do parque que havia naquela parte da república estudantil Asuna percebeu a presença familiar e se virou para ver uma Setsuna deitada no grosso galho a cima:
- Setsuna?! – a ruiva nem parou um segundo para refletir se seria melhor deixar a amiga nos seus pensamentos em paz ou não. O que queria era saber o que havia de fato ocorrido, não por que fosse uma bisbilhoteira, mas por que se preocupava com suas grandes companheiras em Mahora, as pessoas que mais gostava no mundo. – O que aconteceu ontem?
Setsuna não se moveu por um momento. Olhava para o céu nublado daquela manhã. Havia se levantado cedo para uma seção de treinos forçados com propósito de se distrair dos pensamentos que acabara sem surtir o efeito esperado. Agora estava ali tentando não pensar em nada no exato momento em que a discípula e amiga aparece lhe jogando uma pergunta dessa de cara. A garota no solo chegou a pensar que havia sido ignorada completamente, mas no instante seguinte Setsuna saltou do galho pousando com firmeza no chão logo a sua frente:
- Bom, se quer mesmo saber... – disse olhando profundamente nos olhos da ruiva que teve certeza naquele momento que seus piores pressentimentos haviam se cumprido.
As duas caminharam um tempo pelo parque enquanto Setsuna narrava a cena da ultima noite. Asuna rapidamente percebeu o tom vazio que a outra usava enquanto repetia as palavras absurdas de Setsuna-P. Mesmo tendo uma vontade enorme de parar pra xingar a shikigami, Asuna respeitou os sentimentos de sua amiga e esperou em silencio que esta terminasse:
- Hum? E você só disse isso antes de voltar para o seu quarto? – perguntou Asuna incrédula quando a amiga terminou seu discurso. Setsuna fintou os olhos dela com um olhar que dizia claramente “O que você queria que eu fizesse?”.
A ruiva engoliu em seco:
- Puxa... você não devia ter feito isso... – reclamou mesmo assim a bakaranger. – Cara, a Konoka não voltou pro quarto depois daquilo. Eu liguei pra ela mil vezes e ela só me mandou isso. – disse mostrando o celular pra outra com uma mensagem de texto mínima “Preciso ficar sozinha. Não se preocupe.”.
Foi Setsuna quem engoliu em seco desta vez. Ainda não havia parado para refletir sobre o que Konoka deveria estar sentindo com aquilo tudo. Sentiu-se um lixo humano por não levar em conta os sentimentos de sua querida “Kono-chan”. Porém, mesmo agora parando para pensar, não sentia vontade alguma de encarar Konoka, parecia que havia surgido uma barreira entre elas naquele terraço na noite anterior. Teve medo de que não mais conseguisse falar com sua querida e dividiu esse sentimento com Asuna:
- Ah... – a ruiva sentiu um nó na garganta pelas amigas. Ambas pareciam muito mal com tudo aquilo. – Caraca... sabe, eu tenho certeza de que você e a Konoka não vão passar o resto da vida sem se encarar ou falar... então... talvez seja melhor esperar a poeira baixar... depois tudo se conserta...
- ... – Setsuna perdeu novamente o olhar no céu cinzento como sua alma naquela manhã.
“Espero que você esteja certa Asuna... espero mesmo...”.




Negi Springfield entrava no quarto que dividia com Konoka e Asuna na república estudantil cansado. Já era fim da tarde e tinha tido um “dia” puxado de treinos no resort de sua mestra vampira. Tudo o que queria era relaxar e quem sabe se enfiar na cama de Asuna pra ter uma agradável noite de sono mesmo que talvez no dia seguinte isso lhe custasse um enorme galo na cabeça.
Ao entrar no quarto, porém, o ruivo deparou-se com uma cena inesperada: uma Asuna enraivecida esbravejando do alto de sua cama discutindo com uma Konoka igualmente irritada que se dirigia ao hall de entrada do aposento com uma toalha no ombro esquerdo:
- Por que você não deixa de idiotice e vai logo pedir desculpas dela?! Afinal você fez uma burrice sem tamanho, não? – perguntou a ruiva com o rosto vermelho pela exaltação. Konoka também estava vermelha e, Negi notou com um sobressalto, tinha lágrimas nos cantos dos olhos.
- Por que não para de se meter na vida dos outros e se declara de vez pro seu mago de estimação heim?! – esbravejou de volta Konoka antes de passar pelo professor sem nem ao menos notá-lo e sair batendo a porta com força. Asuna abafou um grito de raiva no travesseiro antes de descer do beliche e se dirigir à cozinha, provavelmente para compensar a raiva com comida.
- Mas o que houve aqui, Kamo? – perguntou o garoto abobado indo lentamente até a cozinha ao arminho que também assistira a cena na cabeça do “cliente” sem dizer uma palavra.
- Parece que a coisa fedeu Aniki... deve ser alguma treta entre a Setsuna-neesan e a Konoka-neesan... – declarou o arminho com tom de temor.
- Hã? A Setsuna e a Konoka? – Negi perguntou sem entender. – Mas como assim Kamo?
O arminho suspirou com um tom de “crianças” antes de responder:
- Ce num percebeu que rolou uma treta entre as duas antes da viagem da Setsuna-neesan, Aniki? – perguntou o furão sem acreditar na ingenuidade do garoto.
- Treta?! – Negi ficou ainda mais perdido com a pergunta.
- Ai ai... você é mesmo muito marreco Aniki... – comentou Kamo com uma gota. – As duas tão de rolo Aniki... de namoro...
O jovem mago engasgou à revelação e ficou estático no mesmo local perto da entrada da cozinha. Demorou alguns segundos até que voltasse a se mexer, parecia estar processando a incrível verdade por detrás das palavras do companheiro de jornada. “Setsuna e Konoka...na...moro?...beijo de.... garotas????”. O professor teve que se conter para não babar no terno novo que havia comprado a menos de um mês:
- Aniki? – chamou Kamo preocupado com a cara de tacho do garoto. – Que te deu moleque?
Negi despertou de um estalo. Sem dizer uma palavra ao arminho entrou como um furacão na cozinha surpreendendo uma Asuna que carregava diversas torradas em um prato e uma na boca:
- Ne...?
- A Setsuna e a Konoka estão namorando Asuna? – perguntou o mago sendo tão direto que fez Asuna quase atirar o prato para o alto. “O Negi ainda não tinha percebido?” pensou a ruiva se recuperando do susto inicial(*gota*).
- Ah... bom... era quase isso... mas parece que as coisas tão complicadas agora.. – respondeu com um tom evasivo. Provavelmente o garoto ainda não tinha mentalidade para compreender coisas tão complexas e profundas.
- Quê? Não estão?... – o mago parou para refletir por um minuto, a ruiva aproveitou para voltar a sua cama com as torradas que havia selecionado (“Como será que a Anesan tem tanta energia comendo tanta bobagem?” se questionou Kamo). – Houve algo relacionado com a Pee-chan? Digo, Setsuna-P? Ela causou uma briga feia entre as duas Asuna? – questionou o ruivo conseguindo fazer a ruiva derrubar o lanche no chão tamanha precisão que tivera. – Era por isso que você e a Konoka estavam discutindo? Você esta tentando ajuda-las Asuna?
- Tempo aí pirralho!!! – exclamou Asuna ficando tonta com tantas afirmações e perguntas simultâneas. Desceu do beliche novamente para juntar sua comida. Ficou em silêncio por um minuto enquanto catava as torradas e recolocava-as no prato que por sorte era descartável e não quebrara. Por essa não esperava, não havia percebido que o garoto era tão “sensitivo” a esse tipo de coisa. Seria alguma habilidade de mago? Quando terminou a garota sentou à mesa no centro do quarto sendo seguida pelo menino que esperava ansioso pelas suas respostas. – Acertou em cheio.
- Puxa... – Negi tinha um tom triste a Asuna se surpreendeu ao ver lágrimas nos olhos do garoto, não apenas ela, mas Kamo também (“Quê isso, Aniki...” disse o arminho). – Elas devem estar sofrendo Asuna... as duas se gostam tanto...
- Hã? Er... bem... estão mesmo, essa bakas... – Asuna irritou-se enfiando uma torrada inteira na boca e mastigando com um olhar feio para a janela.
- Por isso você estava dizendo pra Konoka ir falar com a Setsuna... – concluiu Negi sem perguntar nada. – Você é mesmo uma pessoa incrível Asuna... – A ruiva corou ainda mirando o céu cinzento que predominara durante o dia. – É verdade... hoje a Konoka nem apareceu na aula... e não veio dormir ontem...
- Oh... bingo. – confirmou a ruiva sem emoção. A verdade é que estava mesmo preocupada com as duas, mas a atitude de Konoka a estava irritando: desde quando fugir dos problemas vai resolver alguma coisa? Que garota idiota! Por que não dizer a Setsuna como estava arrependida e se entender logo?! Nem que fosse pra concordarem em dar um tempo ou (muito pior) se separarem de vez! Uh... não queria mesmo que a segunda alternativa fosse mesmo uma alternativa, mas não surportava aquele clima de “suspensão”. Nada acontece e apenas se espera... que bakas!
- Asuna, temos que ajuda-las! – disse o mago como se aquela fosse uma missão de um verdadeiro Magister Nagi. A ruiva o encarou séria antes de responder.
- Fico feliz que esteja querendo ajudar também, mas deixe o trabalho sujo de sair no tapa com a Konoka comigo. Você pode ir fazendo a cabeça da Setsuna com seus conselhos sábios que não segue.
- Ah.. – o ruivo se sentiu um pouco ofendido, mas aceitou com gosto a sua missão. Se aquelas duas iam querer fazer tudo da maneira mais difícil, pelo menos iam ter os amigos mais intrometidos do mundo para tentar acorda-las das maneiras mais inconvenientes possíveis!
Amigos de verdade às vezes são um pé no saco mesmo!

-------------------------------------------------------------

Mais caps semana que vem! (Ou um dia XD)
OBS: Naum se esqueçam de ler o Partners cap 3 no post abaixo o/

2 Responses so far.

  1. Gabi-chan says:

    Comentando atrasada xD
    Eskeci de comenta qdo eu li hehe

    Eto...
    Eu nunca gostei mto da Baka Red,
    mas to fikando com pena dela
    ela até q ta lgl tentando ajuda a Konoka


    Mas eu to com uma Super Pena da Se-chan T_T

    Naum sei pq, mas to com pena da Se-chan
    só q pela Kono-chan to quase braba com ela(mas naum da pra fica completamente brava com akele sorrisinho Kawaii)


    Bem axo q é isso

    Gomene por qualquer coisa q eu disse ta? ^^"

    Xau \o

  2. Kyub says:

    aeee

    *chora emocionada*

    adorei a dupla negi e asuna. *--------*

    !!!!!

    Me sinto ainda mal pela setchan.. mas.. fazer o que ?? *continuar lendo :P*

    - nhaa vou pro outro post \o\

Translate to your language:

Seguidores

Parceiros

Parceiros | Yuri

Kiyoteru Fansub
Gokigenyou
Moonlight Flowers
S2 Yuri
Yuri Licious
Yuri Private
Yuri Zone

Parceiros | Blogs e Sites

Anikenkai
Chuva de Nanquim
Elfen Lied Brasil
Gyabbo!
Jwave
MangaBa
Mithril
Mundo Mazaki
nbm² - Nobumami
Netoin!
Shoujismo
Você Sabia Anime?

Arquivo do Blog

Popular Post

- Copyright © | Kono - Ai - Setsu | - fonte para yuri, shoujo-ai e girls love desde 2007 -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -