Posted by : Lilian Kate Mazaki sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Olá a todos! O mundos dos mangás yuris está sempre nos apresentando boas novidades, seja entre originais ou fanworks dos mais variados. Um trabalho que começou a ser traduzido a algum tempo e vem chamando muito a atenção pelo seu clima diferenciado e a fuga dos clichês comuns ao gênero para elaborar uma trama muito mais realista sem deixar os traços de leveza de lado é After Hours, de Nishio Yuuta.

Plot



Asahina Emi era uma pessoa comum que um dia decidiu encontrar com um carinha em uma balada. As coisas não se saíram bem para ela, afinal o sujeito simplesmente não apareceu, porém ela acaba conhecendo Kei, uma jovem, mas experiente DJ. Esse encontro casual acaba se desenvolvendo (muito) bem, dando início à uma trama de relacionamento e cotidiano.

Não vamos entrar em muitos detalhes para não spoilar algumas coisas que do final do capítulo um em diante passam a fazer parte da estrutura geral do roteiro, ok?

Comentários

Desde de sua concepção, After Hours foge dos roteiros que costumamos ver nas antologias de yuri, à começar pela idade das personagens. Confesso, inclusive, que demorei algum tempo para acreditar que era uma obra japonesa (visto que a cada dia temos novos trabalhos vindos de países como Tailândia e Coréia do Sul com qualidade assombrosa). Afinal poucas são as obras e autores nipônicos que se destacam por trabalhar com personagens além da idade escolar (sendo Morishima Akiko uma exceção que, particularmente, conheço e admiro nesse aspecto).

Fora esse aspecto também temos o “realismo” das personagens e do enredo retratado na trama. Jovens mulheres com vidas ordinárias, lutando em seus caminhos para sobreviver e talvez alcançar seus objetivos. Kei, uma DJ que muito já se esforçou para chegar até o seu momento atual, que não é algo extraordinário, mas lhe garante certa estabilidade dentro de suas atividades. Emi, atualmente desempregada, um tanto perdida nas suas escolhas, mas que acaba tropeçando em um relacionamento positivo e nada idealizado, mas sim muito pautado na realidade.

A tradução para o inglês desse mangá, até o momento dessa postagem, está no quarto capítulo da série (um trabalho bem cuidado do grupo Sexy Akiba Dectetives Translations) e, até então, não tivemos qualquer sinal de que haverá algum tipo de reviravolta no ponto romântico do enredo. Não temos um vilão, ou um grande objetivo a ser alcançado. After Hours vem se mostrando como um slice of life legítmo, onde a graça está em apreciar cada pequeno aspecto das personalidades de Emi e Kei que vão se revelando com o tempo (como essa propensão a beber demais, Emi! Toma jeito, mulher!)



Enfim, nossos comentários foram rápidos, mas apenas porque não queremos estragar a diversão de cada um de folhear (virtualmente, fazer o que). Fica a nossa enorme recomendação a todos vocês para darem uma chance a esse mangá.

Até a próxima!

2 Responses so far.

  1. Gostei do conceito, darei uma olhada.

    O que mata é que tem pouca coisa, vai ser mais um link pra ficar na lista de "mangás que abro assim que entro na internet pra ver se tem capitulo novo"

  2. Não gosto muito de aconpanhar mangás prefiro comesar a ler quando já estão finalizados

Translate to your language:

Seguidores

Parceiros

Parceiros | Yuri

Kiyoteru Fansub
Gokigenyou
Moonlight Flowers
S2 Yuri
Yuri Licious
Yuri Private
Yuri Zone

Parceiros | Blogs e Sites

Anikenkai
Chuva de Nanquim
Elfen Lied Brasil
Gyabbo!
Jwave
MangaBa
Mithril
Mundo Mazaki
nbm² - Nobumami
Netoin!
Shoujismo
Você Sabia Anime?

Arquivo do Blog

Popular Post

- Copyright © | Kono - Ai - Setsu | - fonte para yuri, shoujo-ai e girls love desde 2007 -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -