Posted by : LKMazaki terça-feira, 13 de janeiro de 2015

*Atenção: este post irá conter spoilers sobre a série abordada. Não recomendamos a leitura por parte daqueles que ainda não tenham assistido o episódio aqui comentado.
Olá a todos! Depois de um ano cheio de diversão para o fandom yuri quem diria que logo nas primeiras semanas de 2015 já teríamos uma nova sensação para ocupar nossas mentes, corações e fazer tremer nossas almas? Pois é exatamente isso que "Yurikuma Arashi" para querer fazer desde o primeiro momento. A nova série original escrita e dirigira pelo consagrado Kunihiko Ikuhara (conhecido por ter dirigido os animes de Shoujo Kakumei Utena, Mawaru Penguindrum, além de parte das séries antigas de Sailor Moon) chegou trazendo um misto de suas já consagradas tiradas visuais e narrativas unidas a novos contextos e um tema inusitado: ursinhas yuris que tentam devorar (em várias sentidos) garotas humanas.

E foi graças a essa dose imensa de surrealismo e genialidade do nosso amado "Bicha-sensei" (acostumem-se com este carinhoso apelido que uso para me referenciar ao Ikuhara) que o Kono-ai-Setsu decidiu trazer reviews semanais dos episódios dessa série. Nessa semana teremos que dar uma corrida e postar sobre os dois primeiros episódios, então fiquem atentos.

YKA #01 - Eu não vou desistir do meu amor!







Tudo começa em uma manhã qualquer na Academia do Morro Uivante (eu não confio em traduções de nomes, mas tudo bem. . .). Somos apresentados à Kureha e sua amiga-amor-minha-vida-te-adoro Sumika e a plantação de lírios. As duas trocam juras de amor e está tudo caminhando num ritmo ótimo (e meio rápido) de romance quando. . .
 

KUMA SHOCK! Soam os alarmes e então descobrimos que existe uma ameaça imensa aos humanos espreitando pelos cantos: os ursos.



Caramba essa abertura. . . Além de seguir muito o estilo musical dos temas de Mawaru Penguimdrum (o que pessoalmente é terrível) ela é bastante. . . Er. . . Explícita em algumas coisas. E não estou falando apenas de. . .

Mas também em enfatizar que essas são as três personagens ao redor das quais a história irá acontecer. Mas, bom, também tem esse fanservice exageradíssimo que pode incomodar os mais puritanos.

(Quanto a mim, só posso dizer: eu vivi para ver o Bicha-sensei criando sem freios! Oh Lord!)

Continuando. . . Temos uma explicação bastante simples e direta de como os ursos se levantaram e começaram a devorar humanos e como os humanos tiveram que construir uma muralha para impedir que os ursos adentrassem em seu território (e o resto vocês podem conferir no mangá chamado Shingeki no Kyojin e. . . Brincadeirinha!). Então temos a apresentação das duas "ursinhas" que se infiltraram no mundo humano para devorar muitas garotas (comer. . . COMER. . . Acho que teremos que separar esses dois sentidos da palavra para não nos perdermos em jogos de lírios e fanservice). De cara a ursa Ginko vai MUITO com a cara da Kureha, decidindo que ela irá devorá-la muito em breve.
Existe uma mensagem subliminar nessa imagem!

Arquitetura Ikuhariana. . . Agente vê por aqui!



Depois disso temos "A Tempestade Invisível". Todos os lírios do jardim de Kureha e Sumika são cortados e isso parece figurar um mal presságio. Somos apresentados à presidente de classe. Uma jovem determinada que pretende unir forças à Kureha e Sumika com o propósito de deter a Tempestade. Ainda assim, nada parece muito seguro no caminho de nossas personagens a essa altura.

(Caramba, eu já estava contando os minutos para ver alguem sendo devorado desde aqui. Vocês não?!)
 

É a casa da Homura! Com uma reforma na fachada, mas a localização é igualzinha!


Com o fim do dia vemos mais de Kureha em seu ambiente familiar. Bom, quase familiar, visto que ela aparentemente vive sozinha. Sua mãe parece ter sido uma vítima de ursos no passado (pelo menos é isso que dá a entender o contexto, sei lá) e isso lhe faz ter uma vontade pessoal de matar os ursos com seu rifle. (Ahh, um cenário interessantíssimo se formando!)

(Metade do episódio! Godoka do céu!)

Na manhã seguinte. . . (atenção para a entrada do modo literário) Polícia, um sapato caído e Sumika não atende ao celular. Um desaparecimento que trás a todos a certeza de que uma tragédia aconteceu no começo daquela manhã. Kureha se nega a acreditar, mas mesmo tentando se controlar ao máximo, seu desespero é evidente.

Então, seu celular toca. Uma voz masculina lhe questiona se seu amor é verdadeiro. Um desafio lhe é proposto. Os ursos estarão lhe aguardando no telhado da escola para resolver as coisas de uma vez por todas. Sem hesitar, apenas pensando em salvar a vida da pessoa que tanto ama, Kureha parte determinada.

Nossa heroina corre o mais rápido que consegue. Sobe as escadarias pra lá de "Ikuhárikas" e se vê diante das ursas que estavam lhe vigiando todo aquele tempo. É o momento, porém começa então a sessão. . . DAS DROGAS PESADAS DE BICHA-SENSEI! Melhor do que qualquer coisa que possa falar, vamos ver alguns takes dessa cena memorável e que desde já sabemos que irá se repetir em cada um dos doze episódios de Yurikuma Arashi!
 


Shabadadu!







Na "minha época" o negócio tinha que ser subentendido. . . Agora. . . AGORA!!!

Depois de todo esse show pirotécnico cheio de conotações sexuais fortíssimas temos Kureha acordando na enfermaria da escola (Legal, como ela foi parar lá? O que aconteceu nos últimos minutos não foi tipo nada? Será que a menina tá alucinando forte ou temos um universo paralelo com ursos-sexy e lírios sendo lambidos na nossa face?). Sumika está desaparecida ainda e Kureha está cada vez mais abalada.

Então, a presidente de classe decide ir pegar algo para a Kureha tomar (deve ser um refri bem raro, pra ela ter que sair do prédio e passar pela parte dos lírios. . . Sei) ela vê o que jamais poderia acreditar. As duas estudantes transferidas. . . devorando. . .  uma pessoa. (Aqui nós começamos a perceber que sim, o que vemos nessa série não é o que realmente vemos nessa série, afinal, ursas, garotas, devorar. . . Tudo é bastante subjetivo visualmente neste momento que, em outra direção, poderia ser apavorante.)


E. . . FIM.
 
 
(Ah, claro, não antes de um ED amável com essa ursinha dançando que todos precisamos ter em um gif para alegrar nossas vidas de agora em diante.)

Episódio 01 - Considerações finais

Caaaaaaaaramba! Adorei, simplesmente! Quando terminei de ver esse episódio eu fiquei tão feliz, como fã do trabalho do Ikuhara com Utena, sabem. Foi divertido, dinâmico, até que bastante informativo para o estilo do autor. Isso tudo sem esquecer do surrealismo extremo que é marca registrada desse monstro e gênio da direção.

Muitas coisas ficaram suspensa nesse primeiro episódio: afinal é uma história de "yuris" vs "kumas"? Ou seriam de "yuris kumas" vs "yuris"? Será que realmente o casal mais fofo que já vi em um começo de série vai se acabar tão rápido assim?

Poderia especular muito mais, MAS, como a parte dois desses comentários já virá na sequência, vamos deixar para surtar mais juntos na próxima!

Antes de encerrar, só gostaria de pedir uma coisinha para vocês, queridos e preciosos leitores do Kono-ai-Setsu: opiniões sobre este formato de postagem. Confesso que estou ainda bastante insegura se esta é uma boa maneira de apresentar os comentários, tanto que, se não fosse tal dúvida, já teríamos começado com este texto bem antes. Então, como sempre e como nunca, a opinião de todos é bem vinda para que possamos melhorar a qualidade dos nossos comentários no futuro.

E sintam-se em casa para surtar nos comentários enquanto me debruço sobre a segunda postagem (apesar desse calor escaldante me querer fazer passar o dia caída na frente do ventilador). Vamos lá! Se ainda não assistiram o segundo episódio o momento de surtar é agora!

Até muito em breve, pessoal!
GAO~

3 Responses so far.

  1. Saudações


    Gostei muito das explorações constantes ao simbolismo e ao sentimento expostas no primeiro episódio deste anime, Mazaki.

    Confesso que muito do que foi aqui descrito bate de frente com o que publiquei no blog semana passada, porém devo atestar que...

    * as ursas são realmente simpáticas (embora malvadas);
    * cena da escada foi bem Utena-like;
    * enredo cheio de mistérios e mensagens, porém promissor;
    * fetiches entre as personagens (vide a abertura explícita) e muito Ikuhara feelings.

    Pergunta: o que aguardas com esta obra para sua pronta sequência, nobre?


    Até mais!

  2. Olá Carlírio, muito obrigada por participar! Deixe-me opinar sobre esses pontos que você ressaltou:

    * Sabe que não achei as ursinhas tão simpáticas neste primeiro episódio? Sei lá, imagino que para muita gente elas devam ter parecido divertidas, mas pra mim simplesmente não deu. Eu as vejo como antagonistas até então.

    * Essa escadaria. . . Me faz lembrar tanto do segundo ED de Utena. Música maravilhosa, clipe maravilhoso.

    * Com certeza o enredo é promissor! Mistérios e mais mistérios, porém, dessa vez, eu consegui me sentir mais instigada do que desmotivada por esses mistérios (diferente da minha impressão ao começar a assistir Mawaru Penguindrum)

    * Eu tô achando que ele vai ir aos limites e até além, nesse aspecto do fanservice >.>

    O que eu espero para o restante da série? Bom, meu hype está no limite! Quero levar uns bons tapas na cara do Bicha-sensei, porque sei que é isso que vai acontecer.

    Mais uma vez, obrigada pela participação /o/

  3. EdRuah says:

    Realmente essa escada..... se perceberam quando alguem sobe os passaros estao descendo e quando descem os pássaros sobem...bem mindfuck mesmo.... e realmente me lembrou muito virtual star hasseigaku pra mim eh a melhor musica de utena depois de zettai unmei mokushiroku...

    Adoro quando deixam o Prinicipe (Ikuhara) trabalhar....e investem dinheiro pesado nisso...imagino se tivessem dado uma verba boa pra produzir Utena....teria saído uma obra mais épica do que já é...

    Enfim...esperando o review do segundo epi, ja assisti mas gosto de ver a opinião do outro que pensam como eu....

    Ate mais.....

Translate to your language:

Seguidores

Parceiros

Parceiros | Yuri

Kiyoteru Fansub
Gokigenyou
Moonlight Flowers
S2 Yuri
Yuri Licious
Yuri Private
Yuri Zone

Parceiros | Blogs e Sites

Anikenkai
Chuva de Nanquim
Elfen Lied Brasil
Gyabbo!
Jwave
MangaBa
Mithril
Mundo Mazaki
nbm² - Nobumami
Netoin!
Shoujismo
Você Sabia Anime?

Arquivo do Blog

Popular Post

- Copyright © | Kono - Ai - Setsu | - fonte para yuri, shoujo-ai e girls love desde 2007 -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -