Posted by : LKMazaki quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Olá a todos! É chegada a hora para mais um capítulo intenso de Mastered Negima Shadow! O combate está no auge do perigo e a vida de Setsuna Sakurazaki está por um fio. E não é apenas ela que irá se ver diante do olhar assassino de Setsuna-P em mais essa parte decisiva da série Mastered Negima.

Sem mais delongas, vamos à porradaria, digo, ao texto!

Leitura Online (mediafire)




Aviso-legal: Mahou Sensei Negima não me pertence. Mastered Negima é uma obra de fã, sem fins lucrativos.
Mastered Negima Shadow
Capítulo 11: Soberania no Combate



Não havia tempo para sentir medo. Setsuna Sakurazaki tinha noção total de si e da fragilidade da sua vida naquele momento. Havia se colocado em pé com alguma dificuldade e pouco a pouco recobrava o controle sobre seus movimentos. Havia um ferimento grave no seu abdômen. Ainda que o choque inicial tivesse tirado-lhe toda a concentração ela agora já estava recuperada. Era uma guerreira treinada para suportar coisas muito piores. Também era uma mestiça e seu sangue uzoku era estimulado por aquele tipo de dor. Estava pronta para retomar a luta.
Uma rajada de vento forte fez o rosto de Setsuna-P ser parcialmente encoberto pelas suas mechas negras de cabelo. Esta piscou e deixou os fios voltarem ao lugar, sem pressa. Observou sua adversária erguer-se. Apesar de ter tido o impulso de atingí-la agora havia retomado a paciência para desfrutar do combate. Aquele golpe havia demonstrado sua vantagem imensa, era o prelúdio do seu domínio do confronto. A ex-shikigami adorava a ideia de poder brincar com a vida daquela pessoa.
Só que a brincadeira agora iria avançar para outro estágio. O da tortura.
Set-P avançou com a espada apontada para frente. Golpeou. Teve o movimento detido. Setsuna fez menção de contra-golpear, porém a Sombra não permitiria isto. Esquivou-se do contato e deslizou a espada pelo braço esquerdo da outra, abrindo um rasgo profundo do ombro até metade do antebraço.
Diferente da vez anterior, a shinmei não pareceu sequer sentir o dano causado. Afastou-se e avançou com uma técnica pesada, capaz de destruir mesmo montanhas com a espada.
Mas acontece que Setsuna-P não queria mais deixar dúvidas de que seria a vencedora. Não esquivou-se e deixou a lâmina de Yuunagi atingí-la no braço que segurava sua espada larga. O tecido negro da sua roupa foi rasgado, mas sua pele não. Na verdade ela sequer moveu diante do impacto destruidor. Sakurazaki tentou disfarçar a surpresa diante do efeito, mas foi pouco eficiente. Isso deu ainda mais confiança para a sombra vingativa.
Ódio e excitação pulsavam nas veias de Setsuna enquanto ela tentava contra-atacar as investidas furiosas de Set-P. Ainda que a vontade pura de matar estivesse gritando em si, ao mesmo tempo um tremor e sensação boa pareciam preencher o espaço vazio de pensamento no seu cérebro. Era seu instinto uzoku falando alto, divertindo-se com a adrenalina do confronto sem medida de consequência. Estava se jogando de peito aberto para a morte, sem hesitar. Suas defesas ainda bem acertadas não eram para proteger sua vida, mas tão somente para dar-lhe mais uma chance de tentar revidar. Desejava ver o sangue daquela pessoa que tanto odiava jorrar.
As sequências de golpes que se seguiram foram desferidos e repelidos todos de maneira perfeita, por ambos os lados. Porém para finalizar, Set-P esquivou-se com alta velocidade, indo parar nas costas da outra mulher, desferindo um golpe que poderia ter sido fatal.
Setsuna foi capaz de desviar, mas teve sua asa direita destroçada. A dor dessa vez a fez cambalear, mas ela permaneceu encarando o rosto sádico de Set-P.
Entretanto, a esta altura do duelo, a diferença de capadidade entre as guerreiras já era grande demais para manter um confronto equilibrado. Na investida seguinte Setsuna-P fez questão de destroçar a asa esquerda da Original de modo ainda mais violento. A guarda-costas deixou escapar um lamento de dor.
O golpe seguinte cortou o rosto de Sakurazaki, ferindo próximo aos olhos. O sangue e ardor dificultou que ela mantivesse o olhar na oponente, levando-a a ter o braço direito perfurado. Yuunagi foi atirada vários metros no ar quando Setsuna-P golpeou com o punho o toráx da primeira.
Setsuna caiu. Sem perder tempo a outra avançou chutou o corpo caído com toda a sua força. Os sons de fraturas foram audíveis. Set-P parou, sem fôlego, encarando do alto a figura praticamente sem vida sob si:
― Então é isso. Acabou. ― foi o que conseguiu pronunciar a ex-shikigami, dentro do seu momento de êxtase naquela dança fatal da batalha.
Setsuna-P saboreava sua soberania diante daquela mulher que tanto lhe despertara ódio. A vitória era sua e essa verdade fazia um tremor involuntário se espalhar pela espinha.
Sentia-se viva como nunca. Ainda que tivesse ganhado a benção da mortalidade a alguns meses, aquele era o primeiro momento em que ela tinha uma noção hiperrealista do ar entrando nos seus pulmões. Era a sensação de libertação que tanto anseiara. Esqueceu-se de tudo o que ainda teria que lutar e vencer para cumprir o total da sua vingança. Tudo o que precisava era acabar com a vida que um dia quizera possuir: iria matar Setsuna Sakurazaki, naquele local perdido.
Por um momento fugaz, aquela vida cujo único nome que já possuíra apenas para si fora "Pe", uma derivação da própria letra 'P' do alfabeto, pensou com alegria que logo poderia voltar para a mansão abandonada e rever o rosto sempre alegre do pequeno Odari. Aquela noite com certeza ela iria querer comer a ceia.
Mas foi nesse instante que seus sentidos aguçados pela energia dos amuletos perceberam que elas não estavam mais sozinhas naquele distante campo de batalha.


A busca de Negi e Konoka fora um ato quase desesperado. Durante vários minutos eles atravessaram os céus, em todo o arredor do trecho da ferrovia que já havia sido percorrido pelo trem. Buscavam um rastro que demorou a aparecer. Foram os sentidos super apurados da maga branca que detectaram as marcas do ki de Setsuna, o que fora a largada dos dois na direção de um distante morro de terra escura.
Os poucos minutos da travessia da paisagem de natureza pobre que separavam os dois magos do confronto entre Setsuna e sua sombra pareceram muitos longos. Já eram capazes de distinguir o ki de ambas as combatentes e mesmo perceber o desenrolar da luta. Este fator em especial era o que levava maior temor ao coração dos jovens, que temiam não chegar a tempo de impedir a tragédia.
Quando enfim atravessaram a barreira mais alta do morro, adentrando no espaço de planície escondido no meio daquela formação geológica, eles puderam ver que a sombra os encarava. Pousaram a cinco metros desta e também do corpo inerte de Setsuna Sakuzaraki:
― Set-chan. . . ― sussurrou Konoka Konoe, com toda a atenção voltada para a figura desolada da namorada, caída aos pés de sua algoz.
― Setsuna-P! Não vamos permitir que continue esse massacre. ― anúnciou Negi Springfield, tomando a frente da maga branca, já desabotoando a blusa e atirando-a a um canto, ficando vestido apenas com uma regata branca.
― Ora, ora. Então este combate não era realmente honrado? Ou talvez vocês estejam aqui de intrometidos. ― disse Set-P, caminhando na direção dos dois, lentamente. ― Estão tão ansiosos assim para morrer? Eu com certeza iria atrás de vocês quando terminasse aqui.
― Eu sou seu adversário agora, Setsuna-P! ― exclamou o professor-mago, assumindo posição de luta que aprendera no kung fu.
"Konoka" chamou o garoto através de comunicação mental. "Você precisa de algum tempo para realizar o preparo para a invocação de Círculo Azul, não é isso?"
"Sim, Negi. Por favor, leve ela para longe da Set-chan enquanto eu faço a preparação."
"Certo. Vou te dar todo o tempo que conseguir, Konoka. Se concentre apenas na invocação."
― Então, vocês tem algum plano ou apenas vieram para morrer mais cedo? ― questionou a sombra, parando a pouco mais de um metro de Negi.
O guerreiro-mago sabia que precisava agir rápido, surpreender a adversária para só assim conseguir atingí-la antes que ela conseguisse usar seu poder máximo.
Negi avançou num lampejo e acertou o lado da cabeça de Setsuna-P antes que ela conseguisse erguer o braço para bloquear. O impacto a atirou a mais de seis metros para o lado e ela precisou usar das asas para manter o equilíbrio. Sem esperar, o garoto avançou mais uma vez golpeou na altura da cintura, acertando de novo. Na sequência utilizou uma combinação de técnica marcial com magia elemental elétrica para chegar nas costas de Set-P com a velocidade de um raio.
Dessa vez usou uma explosão de raios como ataque, sendo efetivo. Setsuna-P foi lançada no ar e se afastou mais de dez metros, detendo-se ao abrir as asas negras para planar. A sombra virou-se e encarou perplexa o inimigo:
― Ainda que você tenha os amuletos, serei eu o vencedor! ― esbravejou o mago. ― Você é uma usuária de ki, Setsuna-P, sabe tanto quanto eu que não é capaz de usar nem metade da capacidade desse poder.
Set-P não respondeu às afirmações do rapaz. Ele estava correto, é claro, mas a ex-shikigami mantinha a certeza de que mesmo com essa limitação ela era superior. Mostraria a ele que tivera apenas sorte no início do combate.
Abriu as asas e se atirou na direção de Negi, que também avançou. Ambos golpearam, mas acertaram o ar, Set-P fez uma manobra aérea para conseguir virar-se o mais rápido o possível, apesar da sua velocidade. O garoto teve mais sorte no movimento, por ainda estar no solo e golpeou novamente, acertando em cheio a ex-shikigami, que foi arrastada e jogada contra o chão. Uma mágia destruidora de vento a atingiu em seguida, rasgando várias partes das mangas e hakama negros que trajava. Seu rosto se enxeu também de arranhões.


Entrementes, Konoka estava ajoelhada no gramado escasso que havia por ali, mãos unidas junto ao peito e olhos fechados. Seu coração martelava nas costelas enquanto ela fazia o máximo para continuar entoando em voz baixa o mantra inicial para a conjuração daquele feitiço de nível altíssimo.
Círculo Azul era o nome de um conjunto de magias criadas por um mago ainda na Idade Média. Feitiços e invocações tão poderosas que apenas pouquíssimos bruxos foram capazes de dominá-los ao longo dos séculos. A jovem havia descoberto aqueles conhecimentos enquanto pesquisava alguma magia que seria capaz de libertar as pessoas petrificadas da vila onde Negi crescera. Além de encontrar o que procurava, Konoka também descobrira um livro com instruções completas de todas as magias do antigo mestre.
Pouco a pouco ela conseguia sentir o calor da energia sendo concentrada sob seus dedos unidos. O som da batalha entre Negi e Setsuna-P chegava à sua consciência, atrasando ainda mais o processo já longo. Também a preocupação que circundava sua alma, quanto à sua namorada, era um fator que muito prejudicava. Era impossível para a curandeira ignorar. Em meio aos ritos ela também rezava para que Negi conseguisse lhe dar tempo o suficiente.


Depois de mais uma sequência de golpes trocados, Set-P estava no alto mais uma vez, encarando a figura de Negi Springfield, cinco metros abaixo de si. Havia acabado de levar mais um golpe do guerreiro mágico, mas ao invés de revidar, pareceu distrair-se com um pensamento que lhe veio a mente naquele momento.
E começou a gargalhar. Rir a plenos pulmões, ignorando a adversário que já havia se posicionado para mais um ataque:
― Como eu não percebi isso antes? ― riu-se Set-P, para a apreensão do garoto. E se ela tivesse percebido que ele só estava ganhando tempo para Konoka? ― Você pode ser até bastante rápido, sensei, mas tinha algo crucial escapando.
― Do que está falando, Setsuna-P? Eu vou vencer e você já deve ter sentido isso! ― blefou o mago, numa tentativa de provocação, porém a outra ainda manteve seu tom de divertimento.
― Vencer?! Você pode estar me acertando sim, Negi Springfield. Mas, sabe de uma coisa? Isso não está me infligindo nenhuma dor, ou ferimento! Não acha isso estranho?!
― . . . ― claro que o filho do Thousand Master havia percebido aquilo desde o primeiro momento. Ainda que seus golpes voassem direto contra o rosto ou membros da ex-shikigami e isto causasse um impacto enorme, a verdade é que em momento algum ele entrara em contato real com pele da mesma. Isso porque uma barreira de energia a envolvia de modo que impossilitava aquilo. Era o poder supremo de dois amuletos proibidos quando reunidos.
― Você não pode me fazer nenhum mal, Springfield! Eu só preciso encostar minha lâmina em você para que te veja virando picadinho!
Naquele instante, mais do que qualquer outro, Negi Springfield percebeu o tamanho do desafio que se estendia diante de seus olhos. O simples objetivo de ganhar tempo poderia se tornar um sacrifício total se, em um ato de descuido, ele fosse atingido pelos ataques assassinos de Setsuna-P.
"Eu vou sobreviver. Não vai ser esse o fim da minha jornada, pai!"

3 Responses so far.

  1. Anônimo says:

    Chego a conclusão que você deveria postar 2 cap por semana por que essa ansiedade quase mata :)

  2. Mazaki-san, finalmente alcancei os capítulos atuais de Mastered Negima Shadow!

    Bem, o que dizer deste capítulo que não seja "esplêndido"! Os últimos capítulos estão mesmo cheios de tensão, e só posso imaginar que os próximo devem trazer ainda mais peso a seus textos, que estão ótimos como sempre.
    Falando especificamente da luta entre P e Setsuna, as sequências descritas ficaram muito boas, fiquei ansioso com cada golpe, e esse final, com o Negi sentindo o pesar da luta, foi um toque e tanto!

    Mas fiquei ainda mais feliz de ver, ao longo desses capítulos, a Setsuna-P desenvolvendo laços. Isso é o tipo de coisa que engrandece uma obra, personagens que possuem mais do que apenas seus papeis.

    Mazaki-san, estou feliz de poder comentar novamente aqui, e apesar de que talvez eu precise passar mais um tempo sem aparecer em breve, espero que continue com o ótimo trabalho, e mantenha firme essa determinação em escrever!

    Até logo, Mazaki-san!

  3. Anônimo says:

    quase morro de ansiedade ^^'
    obrigada pelo cap.
    ;*

Translate to your language:

Seguidores

Parceiros

Parceiros | Yuri

Kiyoteru Fansub
Gokigenyou
Moonlight Flowers
S2 Yuri
Yuri Licious
Yuri Private
Yuri Zone

Parceiros | Blogs e Sites

Anikenkai
Chuva de Nanquim
Elfen Lied Brasil
Gyabbo!
Jwave
MangaBa
Mithril
Mundo Mazaki
nbm² - Nobumami
Netoin!
Shoujismo
Você Sabia Anime?

Arquivo do Blog

Popular Post

- Copyright © | Kono - Ai - Setsu | - fonte para yuri, shoujo-ai e girls love desde 2007 -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -