Posted by : LKMazaki quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Bom, apesar de todos os atrasos e percalços, eis que chegamos ao final de Mastered Negima – Heart. Assim como em Lives, estou vindo agradecer a todos que tiveram paciência para agüentar mais essa aventura KonoSetsu escrita por mim. Espero que tenha sido bom de alguma forma ler está história =)

E lembrando a todos (ou informando aos que não sabem): Mastered Negima está somente começando. Heart é o segundo arco da trama e o final da introdução à história principal (“Como é?! Ainda tem mais coisas mesmo?!”).  Ainda temos mais quatro arcos cheios de mais aventuras e desventuras para o casal estrela mais querido do universo Negima (e com certeza um dos casais mais carismáticos do shoujo-ai). E, além da “péssima” notícia de que ainda tem mais MN pra vocês, tem mais:

Mastered Negima – Destiny, já tem data de estréia, e é 9 de Março de 2011. =)

Eu sei, eu sei, ainda falta um bocado para março, mas fato é que, além de que dessa vez não haverão mais atrasos na publicação (tudo já estará concluído na época da estréia ;D) dessa vez teremos alguns materiais extras (torço para que fique bonitinho esse negócio x_x’’’).

Além disso também estou trabalhando em outro fanfiction para publicar paralelamente a Destiny, mas desse eu falo em outra oportunidade ^^

Concluindo: Obrigada pela leitura até aqui! Façam críticas construtivas e podem me enxer a paciência à vontade para que eu possa sempre trazer novas estórias boas de se ler para este blog. (Também agradeço em particular pra “equipe de apoio moral” de sempre, Se-chan, Rerisson... todos que fazem comentários sempre, dos anônimos aos velhos conhecidos!).

Em frente!

Heart 13 – Epílogo do prólogo

                Os flocos de neve caiam preguiçosos sobre a grande festa de ano novo que começava a encher de pessoas que comiam e bebiam na Praça da Árvore Mundo, no centro de Mahora. Era até bem considerável a quantidade de funcionários e estudantes que acabavam não indo ver a virada de ano junto com suas famílias, fora da escola, o que fazia da festa um evento até de grande importância. Este ano particularmente a festa estava com uma grande presença de alunas supervisionadas por Negi, mesmo as que não faziam parte da Ala Alba. Até mesmo Ayaka, que conhecia de cor as festas pomposas, cheias de riqueza e bem chatas da alta sociedade, escolhera este ano ficar em Mahora:

                - Mas que droga, além de toda essa estória de Livro, agora vamos ter que esperar o Negi conseguir construir a tal máquina de encontrar amuletos para, aí sim ter alguma ação. Chatice. – queixou-se Kotarô para as garotas da Ala Alba que se reuniam ao redor de uma mesinha para desfrutar dos quitutes vendidos, apesar da noite ainda ser bem fria.

                - Lealmente é pleciso muita paciência, mas tenho celteza de que as aventuras e desafiantes que villão, selão emocionantes, pala compensar. – comentou Kuu, engolindo em seguida um enorme bolinho de carne, de uma só vez.

                - Bem, pelo menos o ano promete muito ein. – comentou Haruna, guardando para proteger da neve uma ilustração que os outros preferiam nem ver novamente, depois do susto geral com o nível de perversão que a aprendiz de mangaká conseguia transmitir em uma imagem com dois rapazes sorridentes.

                - É verdade... essa história de poder mágico secreto ainda vai longe. – respondeu Kazumi que estava bem relaxada, já que estava totalmente dispensada de seus serviços de paparazzi naquela noite.

                - Onde está o quarteto maravilha? – perguntou Kotarô dando por falta de Negi, Asuna, Konoka e Setsuna.

                - O Aneki só estava esperando a Anechan sair do banho e se arrumar para vir. – respondeu Kamo fumando um típico cigarrinho.

                - Ah, então você estava aí Kamo. – comentou Yue sem muita emoção, ao notar o arminho sobre sua cabeça.

                Mais ao longe o novato professor Claus observava o grupo da Ala Alba com um sorriso de quem aprecia o vigor da juventude. Seus cabelos acizentados e finos esvoaçavam com muita facilidade na brisa fria da noite de virada. Ele sorria de leve, apoiado sobre sua bengala:

                - Realmente foi uma grande sorte poder vir para Mahora, logo quando tantas coisas estão por vir. – ele disse a si mesmo e parou para observar o céu estrelado. Estava realmente ansioso pelo que estava para vir a seguir.





         - Mou, Asuna, porque você demora tanto assim se não está nem fazendo nada demais nessa arrumação. – resmungou Konoka com um beicinho de insatisfação para a amiga que estava terminando de prender seus sininhos nos cabelos.

                - Ah, Setsuna, diz pra essa sua namorada parar de me enxer porque eu já estou terminando vai. – pediu a baka-red virando-se para enxergar melhor o local que estava tentando prender o acessório.

                Setsuna somente sorriu meio sem graça para a maga branca que acentuou o bico para a amiga. Negi por sua vez parecia meio perdido no tempo e espaço, de tanto que tivera que esperar, apenas olhava desfocadamente para alguma parte do espelho no qual Asuna se via para arrumar os longos cabelos ruivos:

                - Se-chan, vamos indo andando enquanto a Asuna tenta colocar esses sininhos tão simples, práticos e nada diferentes de sempre? – perguntou a Konoe voltando-se para a shinmei que concordou inocentemente.

                - É, vê se vai na frente pra parar de me atrapalhar aqui.  – resmungou a ruiva que estava realmente falhando em prender os cabelos, graças a grande pressa que a outra estava lhe colocando. Nem era ainda hora da virada e ela estava fazendo todo aquele drama! Konoka mostrou a língua de modo divertido para o espelho antes de sair pela porta empurrando a espadachim na sua frente.

                - Você não está sendo meio apressada, Kono-chan? – perguntou a shinmei sorrindo de lado para a outra garota que ainda fazia uma leve pose de irritação enquanto caminhavam pelo largo corredor agora silencioso e vazio. – Afinal ainda falta um pouco para a passagem de ano.

                - Mas é que eu gosto sempre de ficar um bom tempo pensando, antes e depois da virada de ano, Set-chan, só um costume bobo, mas eu acho bom. – respondeu a maga sendo sincera e abrindo um sorriso até tímido, fazendo a outra perder um pouco da noção de onde estava e quem era afinal.

                - Entendi.

               Elas caminharam alguns minutos a mais, sem falar nada, completamente confortáveis com a presença uma da outra, até chegarem à sacada do segundo andar dos dormitórios, um lugar que tinha uma bela visão da iluminada Praça da Árvore Mundo ao longe. Talvez fosse de propósito, mas o céu estava limpo e preenchido de incontáveis estrelas. Por algum motivo Setsuna lembrou-se de suas asas ao olhar para aquele mar infinito de constelações:

                - Ne, Set-chan. Esse ano que passou foi agitado, mas bom ne. – comentou a Konoe, encostando-se no parapeito da sacada, observando demoradamente todas as luzes que vinham da cidade acadêmica e do céu sem fim. A sensação que ela tinha no peito, de uma certa paz e satisfação, também tomou o coração de Sakurazaki.

                - É sim, Kono-chan.... apesar de tudo.

                - Viu como não íamos demorar? – questionou Asuna com um tom de raivinha ao adentrar a sacada acompanhada de Negi, que parecia finalmente ter retornado a realidade. – Nossa, que noite maravilhosa!

                - Ne. – concordou Konoka, não dando chances para mais implicâncias com sua melhor amiga.

                - Eu juro que fico com vontade de pensar na vida olhando uma noite tão bonita. –disse Asuna e seu tom soou tão... “bakaranger fascinada” que os outros três seguraram-se momentaneamente para não cair na risada.

                - Heh... realmente, Asuna. – concordou Setsuna antes que a bakared notasse o tom de diversão deles. – Eu diria que.... inspira.

                - É verdade. – concordou Negi que de repente teve em sua mente diversos pensamentos sobre seu pai, seus objetivos e o novo desafio que se abria diante de si. Eram muitos valores e acontecimentos importantes para se lembrar antes de começar um novo e promissor ano. Aproveitou para também recostar-se no parapeito, sendo rapidamente imitado por Asuna, que na verdade só procurava qualquer posição confortável para estar, não importa o lugar.

                - Foi um final de ano maluco.. com tudo o que aconteceu. – comentou Asuna para o vento e todos pensaram exatamente na mesma coisa – Setsuna-P, ou Pee, como havia sido apelidada -  a shikigami de Setsuna que ganhara uma vontade própria e que, graças a isso, havia ido muito mais longe do que os limites que qualquer outro servo de papel foi, tanto em termos de ousadia, como em termos de existência.

                - Mas este ano ainda teremos mais coisas acontecendo não é, já que Negi-sensei decidiu realmente continuar na busca pelos artefatos que seu pai escreveu. – disse Setsuna, ficando encostada próxima a sua, agora, namorada.

                - Eu fico feliz de poder contar com a ajuda de todas para isso, mesmo que... ainda sinta remorso por isso.. hehehe.

                - Você nunca muda, Negi-kun. – disse Konoka ainda com os olhos perdidos no céu.

                - Negi, você ainda vai me explicar bem o que prentende, ainda não consigo confiar nessa sua determinação. – comentou Asuna fazendo uma expressão desconfiada para o rapaz que a encarou de volta com uma expressão de exasperação divertida.

                - Mas eu já te expliquei isso tantas vezes, Asuna.......

                Entrementes, Setsuna passou o braço pelos ombros da maga de cabelos compridos, despertando-a finalmente de seus devaneios. Sorria levemente para a maga que percebeu naquele momento como era maravilhoso que “sua Set-chan” pudesse finalmente agir como quisesse, sem medos ou culpa (ainda que seu avô parecesse estar determinado a não deixá-las assim tão bem). Setsuna encostou-se também no parapeito, bem ao lado da outra, sorrindo mais abertamente:

                - Obrigada por me agüentar, apesar de tudo, neste ano, Kono-chan. – disse a shinmei com um sorriso em tom de desculpas tão sincero e fofo que Konoka teve que se segurar para não ter um pequeno surto romântico.

                - Set-chan boba.... – limitou-se a dizer enquanto se recuperava do efeito da fofura. – Sabe muito bem que eu também tenho que agradecer.... tenho muito mais motivos. – completou, deixando a culpa transparecer. Era impossível esquecer seus graves erros diante de Pee. Havia sido a menos de três meses.

                - Estamos competindo em “pior comportamento” por acaso? – perguntou Setsuna sendo divertida quanto aos graves problemas de antes, o que surpreendeu a Konoe. – Talvez, o importante mesmo é que estamos aqui, que estamos terminando um ano e começando outro tão próximas quanto jamais estivemos.

                - Sim.... – o que mais dizer quando a criatura mais maravilhosa do Universo fala todas as palavras necessárias sobre as suas vidas?

                -  Graças a você, eu posso crescer em partes do meu coração que eu jamais achei que poderia. – confessou a shinmei, olhando levemente para as luzes da praça a distância, porém depois concentrando-se no reflexo dessas luzes, no olhar que estava tão perto do seu.

                - Set-chan.... eu... eu posso finalmente ser eu mesma, por completo. Só porque você está comigo. – respondeu Konoka, ficando cada vez mais anestesiada e confusa pela proximidade do rosto de Setsuna em relação ao seu. Ela realmente iria...beijá-la na presença de outras pessoas, sem se importar, sem achar que é um monstro ou uma insolente?

                Talvez fosse um encantamento de ano novo, uma magia do verdadeiro amor. Puro e puramente humano. Sujeito a todas as falhas do mundo, mas ainda assim mais forte que o mundo inteiro. Konoka não teria tempo de refletir por completo sobre tudo isso, afinal os lábios da espadachim alcançaram os seus antes que pudesse ter qualquer definição, sobre qualquer que fosse o assunto que estivesse pensando.

               Quando seus lábios se separaram e a shinmei pode dar uma olhada no rosto corado e abobalhado de sua namorada, sentiu uma satisfação quase ilógica em existir e ser o que era, seja o qual terrível fosse sua existência. Graças a aquela princesa, existia um sentido, um valor, para sua vida, a vida de uma hanyou que voou muito mais longe do que quaisquer asas poderiam levar:

                - Uau.......... – disse Negi baixinho, sem conseguir esconder a cara de babão pelo pequeno beijo entre Konoka e Setsuna. Sorte que o casal estava muito distraído para prestar atenção à séria gafe do professor mirim. Porém Asuna, que estava bem ao seu lado, escutou muito bem, e ficou com uma vontade tremenda de encher aquela criança mal educada de porrada.

                - Ei seu moleque! – exclamou ela, baixinho, puxando a orelha do garoto para começar um sermão, o máximo que podia fazer sem chamar atenção. Porém antes que pudesse começar a falar, fogos explodiram por todo o campus, principalmente próximo à Árvore Mundo. As pessoas começaram a dar vivas e rir enquanto assistiam ao espetáculo. – Espera... meia-noite, já?!

                - É sim. – afirmou Setsuna sorrindo, afinal tinha sido ousada exatamente por causa dos últimos minutos do ano, um momento ideal para fazer desejos sem palavras, com o coração. Percebendo perfeitamente isso, Konoka riu e abraçou o braço direito da namorada, pronta para irem comemorar um novo ano.

                - Mas eu nem fiz meus desejos de virada!! – exclamou a bakared inconsolável.

                - Calma, Asuna.... – disse Negi, aliviado por não mais levar um sermão por causa de seus hormônios deselegantes.

                - Bom, vai ser um ano bem comprido, então vamos logo pra festa, Asuna! – chamou Konoka, levando Setsuna consigo pelo braço, rumando para a saída dos dormitórios.

                 - Aff!!! – resmungou a ruiva seguindo o casal estrela. Negi ainda demorou um pouco na sacada. Olhando para o céu.

                “Que a sorte continue nos acompanhando e todas as jornadas que estão por vir” pediu ele a mais brilhante estrela que achou.

MASTERED NEGIMA – HEART - FIM

3 Responses so far.

  1. nana says:

    anhw :3 que mágico adorei. mal espero a nova fic

  2. Anônimo says:

    Sou uma grande fã da sua série e do casal KonoSetsu. Adorei, esse arco ficou muito fofo.
    Fico muito feliz em saber que ainda terá muito de Mastered Negima e também porque o Destiny vai estreiar no meu aniversário, um ótimo presente. \o/
    Parabéns pelo trabalho.

  3. Anônimo says:

    Gostei!
    Bom trabalho adorei msm!
    Parabens

Translate to your language:

Seguidores

Parceiros

Parceiros | Yuri

Kiyoteru Fansub
Gokigenyou
Moonlight Flowers
S2 Yuri
Yuri Licious
Yuri Private
Yuri Zone

Parceiros | Blogs e Sites

Anikenkai
Chuva de Nanquim
Elfen Lied Brasil
Gyabbo!
Jwave
MangaBa
Mithril
Mundo Mazaki
nbm² - Nobumami
Netoin!
Shoujismo
Você Sabia Anime?

Arquivo do Blog

Popular Post

- Copyright © | Kono - Ai - Setsu | - fonte para yuri, shoujo-ai e girls love desde 2007 -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -